Hoje é Qua Jan 17, 2018 11:50 am





Criar novo tópico Responder Tópico  [ 6 Mensagens ] 
O Imperdoável 
Autor Mensagem
Avatar de usuário

Data de registro: Dom Nov 16, 2008 4:53 pm
Mensagens: 607
Localização: Incerta
Mensagem O Imperdoável
Tema: Drama, acho que mistério(pouco) o-o

Ela olhava imóvel para o alto. Podia ver do jardim, uma suave estrela brilhar. Uma luz ritmada e muda, acompanhando as batidas do seu coração. E nesse momento tudo aquilo que ela lutava tanto para enterrar no passado voltou-lhe a mente de tal maneira que causou o caminhar de uma lágrima pela sua face. Continuou olhando, agora implorando silenciosamente esperança àquela estrela.

Podia ouvi-lo dizendo “conte sempre comigo, estarei sempre aqui” podia sentir novamente o impacto daquelas palavras na sua vida solitária. Alguém a ajudaria afinal... Não precisaria mais andar tão sozinha, sempre tão independente. Seria um pouco feliz enfim. Engano seu pensar assim. Sentiu novamente a dor tamanha causada pela sua perda. Um amigo... Crueldade inventar sentimento forte como a decepção. A decepção por anjos. Não gostaria nem de imaginar como seria este sentimento por amor. E se pensasse bem... Não, não deveria ser aquele sentimento tão nobre. Mas, desde então, passou a viver em dormência e esquecimento.

Mas agora via aquela estrela, que teimosamente a fazia desenterrar os cadáveres que tanto a atormentavam em seus sonhos, nas noites em que estes existiam. Ele poderia simplesmente a ter ignorado como todos. Mas era cruel, tinha de ser. Para abandoná-la julgando-a de mentirosa, mentirosa! Com ela sempre dizendo a verdade, toda a verdade para ele... Que crueldade... Pensou. Era ele ainda pior do que todos os outros.

Desde então não era feliz, nem triste, não havia mais vida nela. Nem sequer considerava-se um ser vivo, e nas tardes melancólicas de domingo ia mais além, dizia-se ser um não-ser vivo. Desafiando os pequenos pensadores e quem sabe, os grandes.

Passou-se um minuto inteiro até ela perceber as nuvens cobrindo a estrela, levando seu brilho para além da noite, longe dela. A lágrima, já não mais sozinha, passou por sua face levando também as lembranças e a recordação daquele brilho. Começou a chover, e as gotas de água iam fazendo voltar a sua dormência. A dor, porém, continuou. Incrível imaginar no poder de mudança que a dor causa, Incrível. O céu chorava igualmente a consolá-la, mas ao invés disso deixava-a com inveja, o seu choro trazia ora alegria, ora sofrimento. Enquanto o dela trazia simplesmente nada.

Por um segundo, ainda imóvel, os olhos dela brilharam esperançosos, e logo se apagaram para a imensidão da noite. Um brilho de um segundo. Mas havia existido apesar de tudo. Então prometeu a si mesma procurar aquele brilho de recordações novamente, que a tirou da rotina e mesmo que a tenha lembrado tristezas, a fez viver. Olhava todos os dias, os olhos apagados, mas havia agora uma esperança. Um fragmento.

E logo ao pensar nisso ouviu ao longe uma voz... Seria? Impossível. Olhou para a porta de entrada do jardim, por ser noite não conseguiu ver muito além de um vulto, mas podia sentir aquela aura tão suave e melodiosa despejar-se pelo olhar dele. Mas por que voltaria depois de tudo...? Gostaria de sentir-se decepcionada, irritada outra vez, porém era inevitável sorrir depois de tudo.

O vulto aproximou-se pela noite até ela, com olhos sinceramente arrependidos. O poder de perdoar ou julgar imperdoável. Ela estava sorrindo, mas apreensiva a cada detalhe. Ele não disse nada, mas a abraçou forte. “Estarei quase sempre aqui.”, ouviu-o sussurrar corrigindo o que dissera no passado. Ela afastou delicadamente os braços dele, e olhou para seus olhos esverdeados, sorrindo.

Uma gota de chuva próxima aos seus olhos a fez despertar. Percebeu que foi tudo delírio seu. Lá estava a estrela brilhando outra vez entre as poucas nuvens e os pingos de chuva cintilantes. Vida, vida de meus delírios... Pensou. Não tinha mesmo como acontecer nada assim, sua mente louca é que a atraia para imaginações como essas. Mas, de repente, ouviu atrás de si uma voz familiar.


fim x3
PS: sinceramente, não gostei muito desse xD


Ter Nov 25, 2008 4:20 pm
Perfil E-mail WWW
Avatar de usuário

Data de registro: Sáb Nov 15, 2008 2:16 pm
Mensagens: 1302
Localização: Germany
Mensagem Re: O Imperdoável
Hua~ eu me lembro desse conto o-o eu gostei, tem mesmo um certo suspense! x3


Ter Nov 25, 2008 4:47 pm
Perfil E-mail WWW
Avatar de usuário

Data de registro: Dom Nov 16, 2008 4:53 pm
Mensagens: 607
Localização: Incerta
Mensagem Re: O Imperdoável
yamanaka_hime escreveu:
Hua~ eu me lembro desse conto o-o eu gostei, tem mesmo um certo suspense! x3

brigada <3

ninguém mais comenta nas minhas fics, devem ser um lixo 8D'


Qua Nov 26, 2008 1:22 pm
Perfil E-mail WWW
Avatar de usuário

Data de registro: Sáb Nov 15, 2008 2:16 pm
Mensagens: 1302
Localização: Germany
Mensagem Re: O Imperdoável
Ama escreveu:
ninguém mais comenta nas minhas fics, devem ser um lixo 8D'

A verdade é que as pessoas são *********s mesmo >XD' Eu sempre passo por isso o-o ou vc divulga, ou vc mesma comenta 83'' é complicado.


Qui Nov 27, 2008 2:15 pm
Perfil E-mail WWW
Avatar de usuário

Data de registro: Seg Nov 17, 2008 5:01 pm
Mensagens: 6
Localização: Lugar Nenhum [Brasil]
Mensagem Re: O Imperdoável
Gostei =3 Hehe ficou muito boa e bonita =D!Tenho uma amiga minha que ia adorar!!XD


Sex Nov 28, 2008 1:57 pm
Perfil E-mail WWW
Avatar de usuário

Data de registro: Dom Nov 16, 2008 4:53 pm
Mensagens: 607
Localização: Incerta
---------
Mensagem Re: O Imperdoável
Mc-chan escreveu:
Gostei =3 Hehe ficou muito boa e bonita =D!Tenho uma amiga minha que ia adorar!!XD

obrigada :D


Dom Nov 30, 2008 9:48 pm
Perfil E-mail WWW
Mostrar mensagens anteriores:  Organizar por  
Criar novo tópico Responder Tópico  [ 6 Mensagens ] 


Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 0 visitantes


Você não pode criar novos tópicos neste fórum
Você não pode responder tópicos neste fórum
Você não pode editar suas mensagens neste fórum
Você não pode excluir suas mensagens neste fórum
Você não pode enviar anexos neste fórum

Procurar por:
Ir para:  
cron